LEI Nº 16 625/2019, 13 DE SETEMBRO DE 2019 – aprova PL que dá atendimento prioritário a portadores de doenças raras na Rede Pública de Saúde

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), aprovou um projeto de lei que garante o atendimento prioritário às pessoas com doenças raras na rede de saúde pública e privada do Estado. De autoria da deputada estadual Clarissa Tércio (PSC).

Clarissa Tércio, que já havia sido autora do projeto que cria o “Dia Estadual da Mãe Rara”, justificou no texto que “Pernambuco apresenta um número considerável de pessoas com doenças raras, onde as pessoas portadoras dessas doenças, além de todo sofrimento de suportar uma doença, quase sempre incurável, ainda tem que peregrinar para ter tratamento adequado”.